Pular para o conteúdo principal
loading...

Alcaçuz (Glycyrrhiza Glabra)

Na medicina popular é indicado para aliviar a tosse, combater úlceras, como laxante e expectorante. Usado também nas conjuntivites, desordens do fígado, desequilíbrios hormonais e problemas da garganta. O uso medicinal do alcaçuz é datado dos povos antigos do Egito, relatado em seus papiros. A complicada composição química do alcaçuz dá a ele um largo espectro de propriedades. Centenas de estudos já comprovaram sua ação no tratamento de doenças do fígado, supra-renais, desequilíbrios hormonais e úlceras pépticas. Na China, onde é uma das ervas mais utilizadas, é indicado para o baço, rins e proteger o fígado de doenças. No Japão um preparado de alcaçuz é utilizado para tratar a hepatite. Muitos estudos comparam sua ação com a hidrocortisona, mas sem seus efeitos colaterais. Como a cortisona, teria o efeito de diminuir as inflamações e aliviar sintomas de artrite e alergias, daí seu efeito anti-histamínico. A raiz possui glicirrizina (cinqüenta vezes mais doce que a sacarose), que favorece a formação de hormônio como a hidrocortisona. Mulheres com ciclos menstruais irregulares costumam usar alcaçuz para normalizar seus ciclos, pelo equilíbrio hormonal. O alcaçuz é ligeiramente laxante.

Postagens mais visitadas deste blog

Carapiá (Dorstenia Arifolia)

Depurativo, estimulante digestivo e age contra anemia. A raiz desta planta é usada como cataplasma para apressar a cicatrização de ossos fraturados.

Cavalinha (Equisetum Arvensis)

Possui propriedades antiinflamatórias, adstringentes e revitalizantes. Indicada como auxiliar no tratamento de problemas do aparelho genital-urinário, e também na menstruação excessiva. É benéfica para os brônquios, limpando secreções dos pulmões e do sangue. Ajuda a repôr o silício perdido nas dietas de emagrecimento.

Zedoária (Curcuma Zedoaria)

A infusão é usada como estimulante, contra gases, mau hálito, gastrite, estomatites, úlceras, hepatite, colesterol, insônia, pulmão, dermatose, tônico. Considerada expetorante, diurética, calmante, colagoga e depurativa do sangue. Usada também para limpar as vias respiratórias e em casos de inflamações da garganta.

Centella Asiática (Centella Asiática)

A planta é antibacteriana, anti-inflamatória, estimulante circulatório e diurética. Estudos têm indicado também uma ação ansiolítica (controla a ansiedade). Também tem propriedades antioxidantes, ajudando a proteger o organismo da ação danosa dos radicais livres. Contém como princípios ativos triterpenos (asiaticosidos e ácido asiático) que ajudam a aumentar a oxigenação e a atividade circulatória em nível do tecido conjuntivo. Ela atua na biossíntese do colagéno, normalizando a produção de fibras colagênicas, eliminando a fibrose responsável pelo armazenamento de água e acúmulo de gorduras. Diminui e ajuda a combater a celulite, produzindo uma ação anti-inflamatória. Por isso é tão indicada para terapias de emagrecimento e da pele.

Catuaba (Erytroxylon Catuaba)

Afrodisíaco e tonificante, contém um alcalóide semelhante a atropina, que opera lentamente, dando energia ao organismo. Indicado em casos de fadiga ou impotência sexual.
loading...