Pular para o conteúdo principal
loading...

Chá de Erva Cidreira

Ingredientes:
Uma colher de sobremesa de folhas e ramos de erva cidreira picados;
Uma xícara de chá de água.

Modo de Fazer:
Primeiro lave bem as folhas de erva cidreira. Observe se não há presença de insetos, pois esses bichinhos adoram ficar nas folhas de plantas medicinais. Depois ferva a água, desligue o fogo e coloque as folhas e ramos de erva cidreira. Tampe e deixe abafado por 10 minutos.

O chá de erva cidreira também é um bom analgésico e a sua ingestão pode auxiliar a curar dores de cabeça e também as dores causadas pelo reumatismo. O tratamento pode ser feito tomando o chá ou colocando uma compressa feita com um pano embebido no chá no local dolorido.
Problemas digestivos também podem ser tratados com o chá de erva cidreira, que tem propriedades antiespasmódicas. Além disso, alguns problemas estomacais podem ser causados nervosismo e estresse. O chá calmante ajuda a aliviar a tensão do dia-a-dia, evitando esses problemas no estômago, como azia, queimação e má digestão.
Se você sofre também com o excesso de gases no intestino, pode recorrer às propriedades dessa erva. Devido o relaxamento dos tecidos, a formação de gases diminui com a ingestão do chá. Esse relaxamento dos tecidos ajuda a aliviar também o desconforto causado por cólicas menstruais.
E além de todos esses benefícios para a saúde, a erva cidreira também é capaz de prevenir o câncer, por conter muitos antioxidantes, que combatem os radicais livres, causadores de tumores que geram o câncer. Esses radicais livres são os causadores do envelhecimento celular e de doenças cerebrais degenerativas. Por isso, a ingestão diária do chá calmante ainda evita o envelhecimento precoce e protege cérebro e coração.
A erva cidreira também reforça o sistema imunológico, deixando o organismo mais forte e evitando muitas doenças. Automaticamente, quando se aumenta as defesas do corpo, melhoram também a digestão, respiração, excreção e do sistema nervoso. Isso ajuda a melhorar a absorção de nutrientes e reforça o mecanismo de defesa imune do corpo.

Postagens mais visitadas deste blog

Carapiá (Dorstenia Arifolia)

Depurativo, estimulante digestivo e age contra anemia. A raiz desta planta é usada como cataplasma para apressar a cicatrização de ossos fraturados.

Cavalinha (Equisetum Arvensis)

Possui propriedades antiinflamatórias, adstringentes e revitalizantes. Indicada como auxiliar no tratamento de problemas do aparelho genital-urinário, e também na menstruação excessiva. É benéfica para os brônquios, limpando secreções dos pulmões e do sangue. Ajuda a repôr o silício perdido nas dietas de emagrecimento.

Zedoária (Curcuma Zedoaria)

A infusão é usada como estimulante, contra gases, mau hálito, gastrite, estomatites, úlceras, hepatite, colesterol, insônia, pulmão, dermatose, tônico. Considerada expetorante, diurética, calmante, colagoga e depurativa do sangue. Usada também para limpar as vias respiratórias e em casos de inflamações da garganta.

Centella Asiática (Centella Asiática)

A planta é antibacteriana, anti-inflamatória, estimulante circulatório e diurética. Estudos têm indicado também uma ação ansiolítica (controla a ansiedade). Também tem propriedades antioxidantes, ajudando a proteger o organismo da ação danosa dos radicais livres. Contém como princípios ativos triterpenos (asiaticosidos e ácido asiático) que ajudam a aumentar a oxigenação e a atividade circulatória em nível do tecido conjuntivo. Ela atua na biossíntese do colagéno, normalizando a produção de fibras colagênicas, eliminando a fibrose responsável pelo armazenamento de água e acúmulo de gorduras. Diminui e ajuda a combater a celulite, produzindo uma ação anti-inflamatória. Por isso é tão indicada para terapias de emagrecimento e da pele.

Catuaba (Erytroxylon Catuaba)

Afrodisíaco e tonificante, contém um alcalóide semelhante a atropina, que opera lentamente, dando energia ao organismo. Indicado em casos de fadiga ou impotência sexual.
loading...